Comprando nas Liquidações – Semana do Consumidor – Economizei 60%

Fala meu fiel leitor, hoje vim aqui me contradizer..

Botando a boca no trombone
Botando a boca no trombone

Semana passada eu falei sobre os interesses por trás do dia do consumidor.
Mostrei como é uma data totalmente manipulada e criada para comprarmos cada vez mais. Mas no final, acabei admitindo que talvez poderia ser uma alternativa para.. comprar!

De fato, também sou humano e ao fazer meu planejamento financeiro já estou contando com algumas comprinhas nesta data comercial (dica aqui: faça um calendáriozinho com as grandes promoções). E para isto que vim escrever aqui.
Lógico que é chato ser manipulado, mas vamos jogar com as cartas que temos na mão.

O que acontece é que o aniversário da minha esposa está se aproximando. E ela ama um perfume, que particularmente acho meio caro e em outra data eu não daria a ela. Trata-se do essencial exclusivo feminino. O negócio é bão, mas custa suados R$189,90. Até dói minha cabeça só de pensar em quantas horas de trabalho isto dá.

Inclusive, gostaria de abrir um parêntese aqui. Umas das técnicas que uso pra me controlar na hora das compras (principalmente nas compras por impulso) é pensar em quantas horas teria que trabalhar para comprar aquele item. Eu tenho certeza absoluta que se fizer isto, irá gastar beeem menos. Vamos tentar?

Atualmente ganho por volta de R$20,00/hora (e que trabalho deu até chegar neste valor). Caso eu queira comprar o bendito perfume de R$189,90, teria que trabalhar incríveis 9 horas e  29 minutos! Que perfume CARO!! Uma coisa é você passar seu cartãozinho de crédito e fazer uma compra, dinheiro virtual parece que nem tem valor. Outra totalmente diferente é sentar a bunda na cadeira e ficar por 9h30min trabalhando. É mais que um dia “perdido” por conta de um presente.

Pois bem, para não perder mais de um dia de minha vida, em vez de comprar o presente daqui a dois meses, quando provavelmente não terá nenhuma promoção, me programei para comprá-lo nesta semana. E olha que surpresa agradável:

Perfume com 50% de Desconto!
Perfume com 50% de Desconto

Uau!! Arrumar um desconto assim é quase que como ganhar na loteria!
Apenas por ter me programado melhor, acabo de ganhar 50% de Desconto, ou em outras palavras minha vida terá mais 4 horas e 44 minutos para ser aproveitada. Inclusive já começo a fazer os planos. Acho que uma parte deste tempo vou investir numa corridinha, vou aproveitar e trabalhar um pouquinho também, quem sabe por uma hora, e com o dinheiro sair para comer um lanche. E com o restante, deve estar sobrando uma hora neste momento, acordar um pouco mais tarde no dia seguinte. Parece um bom plano! E viu como é mágico fazer as contas usando as horas? Eu tento ao máximo pensar em horas de vida em vez de dinheiro.

Mas calma que ainda não acabou! Obviamente que estou super feliz por ter economizado 50% em uma promoção, porém não encho a barriga com pouco. Como já alertei um tempo atrás, eu sempre uso cupons de desconto em minhas compras. E desta vez não poderia ser diferente.

Há muitas possibilidades de sites de cupons, já testei vários e infelizmente a maior parte parece que não é atualizado. É muito comum achar cupons expirados, que não valem mais e em sites que parece que estão cheios de vírus. Então tomei uma decisão pra vida, não vou perder mais tempo (que vale dinheiro) olhando em um mote de sites. Vou direto ao Zé do Cupom, que é o meu preferido. O que acho legal deles é que além de sempre estar atualizado, uma parte do dinheiro é doado para instituições de caridade. Prezo muito por este tipo de atitude e me sinto menos pior em cada compra que realizo (assunto pra outro post, mas eu sinceramente acho que cada vez que compramos e incentivamos o consumismo, estamos contribuição para mais poluição e gastos desnecessários.. birra interna esta).

cupom 10% exclusivo
10% de desconto no zé do cupom

Voltando à compra, acessei o Zé na página de cupom de desconto Natura e olha que surpresa boa: um cupom exclusivo de 10%!! Aparentemente não sou só eu que tô usando cupons, porque 903 já usaram este cupom e a maior parte diz que funcionou. Eu é que não vou ficar de fora desta. Ah, detalhe muito importante, este cupom só é válido se for usado no espaço do Zé (uma vez tava dando erro pra mim porque estava no espaço de outro consultor).

Aí é muito fácil, é só copiar o código do cupom (neste caso era CONSUMIDEZ) e usar na página de pagamento que os 10% extra mágicos vão aparecer!

Aqui eu mato a cobra o mostro o pau
Aqui eu mato a cobra o mostro o pau

Prevendo algumas dúvidas, eu sei que alguns poderão ter dificuldade em usar o cupom, mas fazer um passo a passo vai deixar este post muito grande. Apenas tome bastante cuidado, porque só podemos aplicar o cupom depois de ter logado no site da Natura. Quando chegar em uma página parecida com a acima, que é logo depois de clicar no carrinho, é só usar o cupom e finalizar a compra.

Da mesma forma que mostrei a Natura, podemos fazer com qualquer loja online. Tenho certeza que esta será uma ótima semana para comprar com diversos descontos reais, então não deixe para depois. E claro, não deixe de usar cupons de descontos.

Abraços, até a próxima dica!

Anúncios

O que está acontecendo com o suado dinheirinho que guardamos?

Fala meus leitores queridos!

Estou de volta para retomar o assunto de um post que gerou bastante repercussão positiva e muitos pedidos. Semana passada eu falei da importância de poupar para juntar dinheiro e no final do post deixei “dicas avançadas” como tarefas de casa.

Primeiro gostaria de pedir desculpas, porque apenas taquei as dicas ao final do post e não dei melhores direcionamentos. Mas entenda que eu como mero mortal assim como você não disponho de um bem muito precioso: TEMPO! (Ideia de novo post: “como poupar e juntar tempo”. Este iria bombar!).
Pois bem, depois de alguns pedidos e um estudo sobre o cenário, hoje vim retomar um dos temas que deixei no final: onde está o o suado dinheirinho que guardei?

O que está acontecendo com meu dinheiro?

moeda mordida
Nosso dinheiro está sendo “comido”

É triste, mas todo dinheiro que você tem guardado está indo embora neste exato momento.

Antes de qualquer coisa, quero deixar bem claro em sua cabeça uma coisa: dinheiro parado é dinheiro sendo jogado fora. Vou repetir porque pode não ter ficado claro: dinheiro parado é dinheiro sendo jogado fora.

Ah, mas com que autoridade você está dizendo isto? Seria você o rei da cocada preta?
Não pras duas. Na verdade não sou eu quem disse isto, mas os números (e eles dominam o mundo!). Pra ficar mais claro ainda (principalmente se não concorda com a frase acima) faça um simples exercício.
Vá ao mercado e faça uma cesta básica com 15 diferentes produtos que usa no dia a dia. Anote todos produtos comprados, quantidade e suas as marcas. Anote também o total gasto. Um ano depois, vá ao mesmo mercado e tente comprar os mesmos produtos com a mesma quantidade de dinheiro. Quando for pagar.. SURPRESA! A conta não vai fechar. Um ano depois, na média, os produtos vão estar mais caros.

Note que é importante analisar a média. Se olhar um produto em específico (ainda mais se for um de hortifrúti que sofre influência direta da colheita do ano) pode ser que o preço tenha baixado. Mas o que acontece ano após ano, invariavelmente, sem erro nenhum é que as coisas estão ficando mais caras!

A Temida Inflação

Inflação subindooo
Inflação subindooo

A esta subida média dos preços damos nome: inflação.  O que é a temida inflação? É o aumento persistente e generalizado no valor dos preços. Quando a inflação chega a zero dizemos que houve uma estabilidade nos preços. O problema é  que ela nunca chega a zero. Aliás, se falar desta palavra pra uma pessoa com mais de 40 anos ela quase cairá pra trás, já que estas pessoas enfrentaram um tempo de inflação terrível!

Para se ter uma ideia a inflação de 2017 foi de 2,95%, a menor desde 1998! O acumulado nos últimos 5 anos é de 34,75%! Em outras palavras, caso tivesse guardado R$100,00 cinco anos atrás, com a mesma quantidade hoje, você acabaria comprando 34% menos coisas. Quem não tem saudade quando o kinder ovo era R$1,00? Hoje nem nota de um real temos mais..

Lógico que a inflação varia de ano em ano e durante períodos, mas muito provavelmente será positiva e cada vez mais seu dim dim esquecido na conta bancária, vai desvalorizando.

Para onde ir então?

Fuga para as colinas!
Fuga para as colinas!

-Tudo bem, entendi que dinheiro “parado” é prejuízo. Mas e aí, o que fazer?

Primeira opção é fugir para as colinas e viver como um monge, se alimentando de gafanhotos e mel silvestres em um lugar onde não há este tipo de preocupação. Aliás, lá nem precisará se preocupar com dinheiro..

Se não fizer isto, o jeito é aprender a conviver com “o problema”.
Só que a verdade é que a inflação apenas tem uma fama ruim, mas é necessária. Países da Europa que tem deflação (inflação negativa) estão com sinal vermelho ligado. A bem grosso modo não ter inflação, significa que a economia não está crescendo.

O melhor a se fazer neste caso é reconhecer que a inflação existe sim, nosso dinheiro está se desvalorizando a cada dia mais e a partir disto devemos tomar uma atitude. Qual atitude? Bem este é um assunto pra o próximo post (eu reconheço que sou muito enrolão..).

O importante neste momento é levantar um senso crítico em você para que algo seja mudado. Não podemos ficar parados vendo a vida passar (ou nosso dinheiro desvalorizar).

Próximo passo (para os curiosos)

E para os chorões de plantão, aqui vai um spoiler do que fazer: tenho investido todo e qualquer dinheiro “ocioso” em minha conta. Algumas opções que vou falar mais adiante:

  1. Poupança

  2. Investimentos imobiliários

  3. Ouro

  4. Tesouro Direto

  5. Renda fixa

  6. Fundos de ações

  7. Títulos públicos

  8. CDB e RDB

  9. LCI e LCA

  10. Debêntures

  11. Carteira administrada

Vou falar melhor de cada uma mais adiante.

Dica final: Não se apavore e comece a fazer qualquer investimento agora. O ideal é entender seu perfil, necessidades e objetivos antes de começar.

Aproveite e começar a juntar um dinheiro antes de começarmos a investir!

Abraços e Apernas!

Dia do Consumidor: a verdade oculta e como lidar com ele

Quem é consumidor põe o dedo aqui..
Poisé, neste mundo capitalista selvagem atual aparentemente somos conduzidos a sempre consumir. Se estamos tristes, compramos uma peça de roupa para trazer felicidade. Se estamos ansiosos, compramos um doce pra distrair a ansiedade. Se estamos sem fazer nada, compramos alguma coisa por simplesmente não termos nada para fazer.. Realmente a onda avassaladora do consumismo se apoderou de muitas de nossas vontades e atos, não temo negar.

E em meio a este comportamento moderno comprativo humano, as lojas em retribuição e reconhecimento pela nossa dedicação em comprar e consumir bens, decidiram criar esta linda homenagem a todos nós: seres consumidores humanos!
Criar este dia é mais que um marco, uma homenagem, é a instituição do nosso poder, reconhecimento dos nossos direitos e empoderamento das nossas atitudes como seres não alienados e com vontade própria (não consumidora)!

Só que não é bem assim.. Na verdade isto é o que deve estar nos livros, mas a vida real e dura é um pouquinho diferente.

Assim como o dia das mães, dia dos pais, dia das crianças, dia dos namorados, dia do cachorrinho, dia da sogra (este pode ser o próximo, mas é pouco provável) e até mesmo o natal com o lindo papai noel e seus PRESENTES, o dia do consumidor nada mais é que uma jogada de marketing! Eu sei, é decepcionante..

Matando a decepção consumindo as compras
Matando a decepção consumindo as compras

Calma ai, também não precisa consumir mais.. Antes, vamos entender o cenário logístico em questão.

O que acontece é que o primeiro semestre era um desastre para as grandes lojas. Tirando as grandes liquidações de começo de ano, as mercadorias ficavam esturricadas ao longo dos corredores não gerando nenhum retorno e apenas despesas. Não podia ser diferente né!? Todos (como bons brasileiros!) sabemos que janeiro é mês de IPTU, IPVA, Seguros, Renovação disto, reajuste daquilo.. E se sobrar algum dinheirinho (este nem que tenha que emprestar pra pagar no decorrer do ano) tem férias, verão, curtição, alegria, praia, sol.. ah que saudades! Com tanta coisa boa na cabeça e pouco dinheiro no bolso, pra que precisarmos de terapias nos carrinhos de compra?

Aí vem Fevereiro.. bom, precisa nem falar do efeito do carnaval em nossas vidas (no meu caso particular, quase um mês depois, estou sentindo até hoje). Realmente o ano só começa pra valer depois do carnaval! Só que começa pra valer mesmo, e com o bolso zerado. Todas as dívidas parceladas começam a vencer e bem nesta época vem o leão do imposto de renda dar uma bocadinha a mais no nosso suado dinheirinho (se é que ainda tínhamos).

Enfim, por estas e outras todas as datas importantes do consumismo foram ao longo dos tempos sendo levadas para o mais longe possível do começo do ano, que era quando os consumidores tinham bala na agulha pra comprar. Já reparou que dia das crianças, black friday e natal são respectivamente em Outubro, Novembro e Dezembro?

As únicas datas do comércio que sobraram no primeiro semestre foram Páscoa (esta não tinha como mudar MESMO!) e dia das mães. Aliás, o dia das mães também surgiu com este intuito de “trazer mais vendas para o primeiro semestre”, mas isto é história para outro conto.

presenteando a a mamãe
Ah como é lindo e puro uma criança dando presente pra sua mamãe..

Não contentes e satisfeitos, os grandes lojistas tinham que bolar um jeito novo para incentivar nosso consumismo (até parece uma trama de um filme de terror hehehe) e eis que surge a cartada: a criação do dia internacional do consumidor no dia 15 de Março. Lógico que sob um discurso de conquista de direitos, poderes dos consumidores, quando na verdade a gente sabe que a história é um pouco diferente. Na verdade, o dia do consumidor só foi efetivamente instituído no Brasil em 2014. A iniciativa foi do Buscapé, a fim de, advinha: incentivar o consumo no primeiro semestre!  A data é tão manipulada, que a princípio o dia do consumidor do Brasil seria dia 16 de Março, mas aparentemente as desculpas não foram suficientes.
Portanto 15 de Março é dia do Consumidor, mas na semana que cai o 15 de Março, temos a semana do Consumidor, e, claro, Março é o mês do consumidor. Os anos 2000 só não o milênio do consumidor porque senão iria ficar enjoativo demais.

Neste ponto, depois de tantas verdades reveladas não sei se choro, dou risada ou compro uma bike. Mas também não é pra desacreditar do mundo e ir contra o sistema. Como diz minha vozinha: “Se não pode com eles, junte-se a eles”.

O meu conselho para esta data é: se é pra ser assim, porque não comemorar este dia? Ou melhor, porque não comemorar consumindo mais? (lógico que gastando menos, porque o importante não é deixar de consumir, mas consumir pagando menos!)

sacolas cheias de compras
Já que é pra consumir, vamos consumir de forma profissional

É triste sabermos desta manipulação, mas é possível sim tirar vantagens. Na verdade, de fato há promoções muito boas nesta data em praticamente todas as lojas onlines. Sem falar claro que há cupons de desconto para o dia do consumidor.
Eu particularmente confesso que me entrego ao sistema e acabo fazendo  umas comprinhas básicas. Inclusive no meu planejamento financeiro, esta é a primeira data reservada para as compras em massa. É a hora de repor os estoques, preparar para o inverno sem compras e talvez retornar às compras apenas no dia das mães.
Tanto que acabo de fazer uma atualização. Fiz um post mostrando como economizei 60% em meu pedido em minha compra na semana do consumidor.

Realmente não dá para ver as coisas apenas pelo lado negativo. Em tudo há motivos para ser engraçado. Como por exemplo este vídeo do Buscapé (aquele mesmo incentivou esta data aqui no Brasil) divulgando um dia do consumidor inventado como 16 de março.

Certo caríssimos consumidores. O que tem a dizer-lhes é parabéns pelos seu dia! Em meio a tantas coisas ruins, até o mínimo deve ser comemorado.
Realmente somos nós quem movimentamos esta roda e merecemos nosso reconhecimentos em forma de descontos e promoções. Não podemos ficar parados em meio a este turbilhão de manipulação, então vamos às compras!

Abraços e nos vemos no shopping mais próximo!

Como poupar, economizar e juntar dinheiro em 2018

Dicas práticas, rápidas e fáceis para além de economizar, começar a juntar e poupar dinheiro.

guardar dinheiro no porco
Juntando dinheiro aos pouco da um porquinho

Fala meus queridos, tudo totalmente excelente com vocês?

Bom, comigo nem tanto! Começo de ano acabo de perceber que estou totalmente zerado. Minhas economias foram-se com os impostos (IPTU, IPVA), Seguros, Viagens (destas não tenho o que reclamar) e até mesmo com os presentes de final de ano (que ainda estou pagando).
Não que eu esteja devendo (graças a Deus longe disto), mas para não “passar aperto” no ano que vem, decidi rever os métodos que tenho usado, pesquisar e aprimorar a forma que uso para economizar dinheiro em 2018. Meu principal objetivo é chegar no final deste ano e começo do ano que vem com um pouco mais de gordurinha pra queimar (no bom sentido!). Quem sabe não sobre dinheiro para uma viagem internacional?

Calma lá, to sonhando alto aqui! Também sou ser humano como você que tá lendo estas “viagens”. Realmente guardar dinheiro não é uma das tarefas mais fáceis, nem para quem rios de dinheiro.

Inclusive a primeira dica é: não importa o quanto você ganha, mas o tanto que poupa. Ganhar 10 mil e gastar 12, é pior que ganhar dois salários e poupar meio (se é que isto é possível hoje em dia). Lógico que quem ta gastando 12 mil por mês não deve ta mal, mas no mínimo deve ta com uma dorzinha de cabeça desagradável por conta dos débitos.

vida de rico no balão
Ganha 10mil e gasta 12mil. Não ta vivendo mal, mas uma hora este balão vai cair..

Voltando ao raciocínio, pagar as contas por si só já é um sacrifício para todo mundo, quem dirá guardar dinheiro?

Mas o que tenho descoberto e aplicado tem me ajudado a não só sair do vermelho, como também ajudado a guardar dinheiro em um primeiro momento e depois até mesmo virar um investidor.

Parece um conto de fadas né!? Até é, mas foi a dura penas que consegui chegar na minha situação atual (que não é uma vida de rico, mas melhor que a vida de pé rapado de antigamente).

E claro, não poderia deixar de compartilhar com vocês minhas principais conclusões pra este tema!

Dica para iniciantes

Umas das primeiras coisas que tenho para indicar é este rapaz falando sobre um jeito fácil de economizar por semana e ter R$1.378,00 no final de um ano. Se você nunca usou nenhum método para economizar, creio que seja uma boa para começar por aqui! Dê uma conferida e veja se faz sentido para você:

Mas caso não seja tão iniciante na pauta de poupar e queira algo mais avançado, não se preocupe. Também não “me contentei” com tão pouco e logo evolui na maneira que gerencio o dinheiro.

Antes de qualquer coisa, é preciso ter ciência que há vários tipos de perfis, cada pessoa se porta de uma maneira diferente e isto é mais importante na hora de estabelecer uma forma de juntar dinheiro. Portanto, vou trazer algumas dicas, mas que fique claro que não é para todo mundo. Uns vão se dar melhor com uma dica, outros com outras e há ainda as pessoas que vão amar tudo e começar a usar todo tipo diferente de método (no caso é quase o que to fazendo!).

Começando de forma acelerada

indo rápido

Eu sei, o título é muito sensacionalista.
Mas o que acontece é que temos pressa em mudar! Por isto, antes de entrarmos em questões mais avançadas, que vão requerer muita disciplina e o resultado virá a longo prazo, é necessário agirmos de forma rápida!

Anote TUDO

A primeira coisa que pode começar a fazer AGORA é anotar tudo que gasta.
“-Mas isto é muito difícil, como vou conseguir lembrar?”

Muito fácil meu caro gafanhoto (desculpa pelo apelido ridículo). Antes de eu propor algo, me responda uma simples pergunta: Quantas vezes olhou seu celular hoje? Eu sei e você sabe, que não é possível responder esta pergunta devido a tantas “olhadas”.

Então não há desculpas para esta sugestão: que tal usar um aplicativo para anotar os gastos?
Eu particularmente utilizo o Setlle Up, já que meu foco é total em apenas anotar. Mas um tempo utilizei o Guia Bolso e não tinha o que reclamar. Lógico que há outras opções, mas estas duas é tiro certo!

Corte o Supérfluo

Cortando o Tubérculo
Cortando o Tubérculo

Eu sei, desculpa novamente pela piada de mal gosto..

Quando começar a anotar tudo, irá perceber algo incrível acontecendo em suas anotações: uma lista gigante de despesas que não fazem o menor sentido e poderiam ser literalmente e totalmente cortadas!

Um exemplo claro disto é que quando comecei a aplicar em minha vida percebi que somente o que eu gastava de gasolina mensalmente com meu carro, eu poderia comprar uma bike usada e fazer 90% das tarefas com ela. Com dois meses poupando já dava pra comprar uma bike nova. O melhor de tudo, até melhorei minha forma física depois disto!
Não parece surpreendentemente bom?

Aliás caso tenha um carro, uma dica importante é tomar bastante cuidado com todos os gastos envolvidos nesta “brincadeira”. Não quero que venda o carro, mas dê uma olhada no seu gasto real com seu carro aqui.

Então analise suas anotações e perceba o que pode ser tirado dos seus gastos.

Faça uma lista de compras para o mercado

compras no mercado

Parece a mais boba de todas as dicas, mas o supermercado pode sim ser um vilão do planejamento financeiro familiar. É onde gastamos cerca de 35% de nossa renda e muitas vezes de forma errada. Quem nunca comprou aquele estoque de lasanha congelada (que além de tudo é péssima pra saúde) para os dias que não tiver tempo de cozinhar? Ou mesmo os pedidos atendidos da criançada saíram mais caros que os mantimentos?

Algumas dicas importantes coloquei para mim mesmo sobre os supermercados:

  1. Só vou ao mercado com uma lista;
  2. Compro alimentos sempre de barriga cheia;
  3. Uso o dia das promoções da carnes e verduras;
  4.  Jamais, em hipótese alguma, levo crianças ao mercado;

Pesquise e economize

Esta é a mais óbvia de todas, mas as vezes deixamos de lado. Com a internet, é muito fácil pesquisar preços e comprar sempre pagando mais barato.

Aliás, um dos meus mandamentos da economia é sempre comprar coisas online. Depois que uma amiga comprou o seu próprio vestido de casamento importado da China, percebi que não há limites para as compras online. Inclusive compras nos supermercados são meu próximo passo!

Uma dica pessoal para compras online é que usando sites de ofertas sempre economizo pelos menos uns 10%. Em outras palavras, se eu comprar tudo online, 10% de economia em tudo que eu comprar (lógico que AINDA não da pra comprar o espetinho do tio da esquina online, mas já to convencendo ele a implementar este novo canal de vendas).

Recapitulando

Estas são as dicas mais práticas que pode começar a implementar hoje e logo colher os frutos. Minha opinião é que são um ótimo começo, mas não o fim. Por isto, vou apenas citar abaixo outras opções que podem ser implementadas a longo prazo, a medida que as dicas acima foram cumpridas. Lógico que isto vai da maturidade de cada um.

Dicas avançadas

Conforme comentei, vou apenas citar estas dicas para os ansiosos de plantão (eu já estaria roendo as unhas caso tivesse lendo este texto!). Na medida do meu tempo livre (preciso começar a poupar tempo também para estas coisas), vou começar a escrever sobre cada uma em particular, porque julgo serem dicas avançadas e que merecem um pouco mais de carinho em seu tratamento. Então vamos lá!?

  1. Faça um planejamento financeiro para o mês seguinte
  2. Considere no planejamento uma forma de investir
  3. Agende o pagamento de todas as contas
  4. E programe-se para comprar nas grandes liquidações
  5. Comece a comprar tudo no cartão de crédito (de forma consciente)
  6. Peça Nota Fiscal (paulista no meu caso) sempre!
  7. Comece a procurar uma renda extra (há muitas possibilidades online)
  8. Avalie seus programas de Internet, Televisão e Celular
  9. Use Programas de Fidelidade
  10. Estipule um objetivo para o que irá fazer com seu dinheiro
  11. Faça um investimento arriscado (só quando tiver estabilidade)
  12. Considere a economia colaborativa (ou compartilhada)
  13. Venda o que não usa mais (e invista!)
  14. Invista na sua saúde

Enfim..

Bom, se chegou até aqui é porque tem interesse em economizar ou juntar dinheiro (e faz muito bem!).

Talvez a economia seja um dos caminhos para realizar seus sonhos neste ano. Mas isto só vai acontecer se começar hoje, ou melhor agora. O primeiro passo é um dos mais importantes de toda caminhada. Lógico que disciplina é importante para perseverar, mas nada irá mudar se não tiver motivação agora.

Espero que se sinta motivado a mudar seus caminhos e assumir o controle das finanças. Pode contar comigo para dicas especiais como estas, e como prometido, logo trago conteúdo novo e fresco!

Até lá, não deixe de conferir os outros posts aqui no blog.

Grande abraço e obrigado pela atenção!

 

 

Programas de fidelidade

Fala povo que ama economizar, tudo bem com vocês?

Estou programando minha próxima viagem de lazer, mas tenho uma condição essencial que quero seguir antes de ir: não quero gastar nada com a passagem! Que ótimo não!? Viajar sem pagar nada.. até parece um sonho!

mapa de viagem

Mas como isto seria possível? Calma que no decorrer deste post vou te dar dicas claras de como chegar lá!

O que acontece é que eu participo de programas de vantagens, fidelidade, pontos ou qualquer outro nome novo que inventarem depois que eu escrever aqui. O universo deste programas é muito grande, na verdade em qualquer lugar você pode encontrar um programa de fidelidade.
Duvida? Vai no tiozinho que vende espetinho perto da sua casa e propõe pra ele que a cada 10 espetinhos que comprar, ele te da 1 como brinde. Talvez ele não vai ter a organização de anotar tudo em um papel ou dar um carimbozinho na sua carteira, mas pode ser que ele fale: “Tudo bem, vai contando os espetinhos, quando ‘interar’ os 10 você me avisa que faço questão de lhe dar um!”

Isto nada mais é que um programa de fidelidade!

Outro exemplo: quem nunca cadastrou ou até mesmo fez um cartão em uma farmácia? Mais um ponto pro cartão de fidelidade! Me lembro muito bem que até algum tempo, eu tinha combinado comigo mesmo de só comprar os produtos que estavam na promoção na farmácia que eu tinha desconto. Quase fiquei sem pasta de dente certa vez! hahaha

Mas então, voltando a minha viagem (já não vejo a hora!), queria falar para vocês sobre os principais programas de fidelidade. Ou seja, aqueles que a gente mais gasta dinheiro e portanto pode ter o maior retorno. São os programas de vantagens dos bancos e postos de combustíveis!

Já fez as contas do quanto gasta por mês com combustível? Se não fez ainda e usa bastante seu carro, recomendo que sente antes de fazer. Talvez seja bom desligar a internet, porque pode ser provável que queira vender o carro (tá bom, não é pra tanto). Mas o fato é que uma grande parte do nosso orçamento é gasto com transporte. Ai eu fico pensando: e se fosse possível ter de volta 5 ou até 1% deste valor. Não seria mágico!? Pois é isto que quero com este post, mostrar esta forma simples de “ganhar de volta” um dinheiro que havia sido gasto.

Basicamente os programas de vantagens dos postos de gasolina permitem ganhar pontos por preço gasto em combustíveis. Estes pontos podem ser trocados por gasolina, itens da loja de conveniência, pontos em outros programas (como multiplus por exemplo), ou milhas aéreas. Na verdade mesmo da pra trocar por qualquer coisa. E enquanto eu preparo um post completo sobre os principais programas, suas vantagens, desvantagens, porque fugir de um, ir para o outro (spolier: o meu favorito é o Ipiranga), vou deixar com vocês um vídeo muito legal sobre os pontos multiplus.

Ah antes que eu me esqueça, a mesmíssima coisa acontece com os bancos! Onde está a maior parte do nosso dinheiro? Quando usamos cartão de crédito damos garantia que vamos movimentar mais dinheiro ainda naquele banco e contando com os juros que podem vim de um possível não pagamento, chegamos a triste conclusão de que: os bancos só tem a ganhar! Então uma forma de amenizar estas perdas, seria participar dos programas de vantagens deles.

Nos vemos na próxima com mais dicas para economizar (ou quem sabe ganhar de volta) muito dinheiro!
E se não viu a primeira dica, como economizar usando cupom de desconto, corre lá e vamos começar a economizar juntos!

Economizando usando cupons de desconto

Sabe o que é cupom de desconto? Saiba como economizar usando cupons de descontos.

O que são?

Antes de qualquer coisa, tenho uma pergunta importante: Você sabe que é um cupom de desconto?

Um cupom de desconto é um código disponibilizado pelas lojas online para atrair mais vendas. Pode ser para um produto, categoria ou até mesmo para todo o site!

logo desconto

Em outras palavras, usando cupons podemos ganhar descontos em porcentagens (5%, 10%, 50%, ou até mais!) sobre o valor da sua compra final.

Há outras forma de ofertas, como frete grátis, brindes, compre 1 leve 2, e descontos na próxima compra.

Parece bom demais pra ser verdade, não é mesmo!? Mas há os pontos negativos também.

Um fator negativo é que normalmente eles tem data de validade (gatilho da escassez). Podem vencer em poucos dias, outros em vários meses e também aqueles que duram por muuuito tempo.

Portanto, sempre que for usar um cupom, não dê bobeira, pois o mesmo pode estar vencendo e você perder uma grande chance de economizar!

Ah, outra coisa que esqueci de comentar: alguns tem limitação de uso! Nestes casos é ainda mais difícil, já que o cupom pode expirar a qualquer momento, dependendo de quantas pessoas estiverem usando! E cuidado, não é balela não. Já aconteceu comigo uma vez e eu fiquei muito nervoso.

data expirando

Em quais lojas usar?

Uma ótima notícia é que praticamente todas as lojas de e-commerce têm cupons de desconto!

E as ofertas são ótimas. Se você não usa ou usa muito pouco, está deixando de economizar, pelo menos 5%, em todas as suas compras online!

E para provar que não é brincadeira, vou mostrar um exemplo claro de como é fácil encontrar cupons de desconto e também é possível economizar muito.

Uma das minhas lojas favoritas é a Natura, porque além de produtos de muita qualidade (todo mundo ama os meus presentes da Natura) é uma empresa muito responsável e preocupada com o meio ambiente.  E o melhor de tudo, eu sempre saio ganhando ao comprar online lá!

O melhor site de cupom de desconto Natura, na minha opinião, é o Zé do Cupom. Lá normalmente eu encontro um desconto exclusivo de 10%! E muitas vezes há cupons de 50% em TODO o site! É muito fácil, só ficar de olho.

cupom de desconto natura no zé do cupom

Lógico que as outras lojas também tem várias opções, então não precisa ficar preso a apenas uma possibilidade.

Como este é meu primeiro artigo, não quero ficar muito tempo escrevendo (até para você não enjoar de mim). Então nos próximos, na medida do possível, vou escrevendo sobre minhas experiências e dando mais dicas preciosas.
Não se preocupe, vou voltar a tocar neste assunto de cupons de desconto e ofertas. Vou falar certinho como pegar cupons, como usar nos sites, onde estão os confiáveis e muito mais!

Não vejo a hora de voltarmos a nos falar para trazer muitas outras dicas legais e especiais para cada um de vocês.

Um grande abraço, muito obrigado pela leitura e atenção. Espero do fundo do coração que tenha gostado e já comece a economizar muito em breve!

Tem alguma dúvida? Envie sua mensagem em minha área de contato.

Este artigo foi adaptado do Zé do Cupom, site de cupom de desconto e ofertas.